Será que chegamos ao fim do impresso?

Será que chegamos ao fim do impresso?
14 de janeiro de 2019 Monisse Buchala
Vários jornais empilhados

O marketing digital é o novo marketing, mas as campanhas impressas ainda funcionam

Cada vez mais as inovações tecnológicas estão surgindo rapidamente em todas as áreas de atuação e nós precisamos acompanhar o ritmo e nos adaptar. Dentro do marketing, a realidade é sempre tentar estar à frente do momento, prevendo as tendências e abandonando os velhos hábitos.

Com a dominação do mundo online e digital, o velho marketing começa a ser cada vez mais questionado. A virada do ano traz as novas perspectivas e aí fica a questão: será que o impresso vai morrer?

O nosso cenário atual

Hoje em dia, parece mais fácil e mais descomplicado ler notícias e pesquisar produtos e serviços pela tela do computador ou celular. Somos bombardeados o tempo todo com as mais diferentes informações até mesmo quando não procuramos por elas.

O marketing digital é o mais atual e o mais eficaz, mas isso não quer dizer que o impresso morreu! Uma pesquisa realizada pelo Content Marketing Institute no final do ano passado, relacionando compras e mecanismos de busca, ainda colocou impressos e outras promoções offline com 57% de influência.

Os mecanismos de busca digital estavam disparados com 66%, mas o impresso ainda mostra números muito altos e próximos, que podem significar decisões de comprar isoladas ou então complementando qualquer publicidade online.

Campanhas efetivas utilizam todos os tipos de marketing

A dica é sempre mesclar! Campanhas efetivas utilizam diferentes canais para passar a sua mensagem. O marketing digital é moderno, rápido, mais barato e totalmente eficiente, mas não é o único que funciona.

O marketing impresso, como as cartilhas, folders e flyers, tem algumas vantagens. Por exemplo, ele ainda passa uma imagem mais duradoura para os clientes, ou seja, ele dá a ideia de algo mais enraizado e conhecido.

Sem contar que, se você aposta no online e no offline ao mesmo tempo, você aumenta as suas chances de atingir todo o público-alvo. Ou então de reforçar a sua informação de diferentes maneiras, com diferentes linhagens, criando uma memória no consumidor.

Por isso, concluímos que as previsões de que o impresso vai morrer cedo estão erradas! Ainda não chegamos nesse momento e o marketing atual pede que você inove e abuse de todos os meios para que a sua marca esteja presente no mundo online e offline, e também na mente do seu público.

Quer ajuda com o marketing da sua empresa? Entre em contato conosco!

Monisse Buchala
Publicitária, jornalista e escritora de romances, com pós-graduação em Cinema. Atua com produção de conteúdo, criação de campanhas e gerenciamento de redes sociais e outras plataformas de marketing digital. Nas horas vagas, escapa para os mundos fantásticos das séries e da literatura.