Podcast para empresas: vale a pena criar o seu?

Podcast para empresas: vale a pena criar o seu?
30 de outubro de 2019 Nicole Lallée
Homem ouvindo podcast pelo celular no ônibus

Você ouve podcast? Sabia que 40% dos 120 milhões de internautas brasileiros já escutaram um podcast? E 19% são ouvintes fieis e escutam podcast diariamente. Esses dados são do Ibope Conecta, que afirma que jovens e pessoas das classes A e B são os mais interessados neste formato que está em ascensão. Com esse mercado em vista, os programas de áudio ganharam espaço no mundo corporativo e se transformaram em uma importante ferramenta de conteúdo. Neste artigo, entenda melhor o que é o podcast para empresas, seus benefícios e se vale a pena criar um para o seu negócio!

O que é podcast?

O podcast é um formato de conteúdo em áudio transmitido online por feeds RSS (Really Simple Syndication). Ele é parecido como programas de rádio, mas a diferença é que o podcast é transmitido por um sistema on demand. Isto é, o usuário pode ouvir quando e onde quiser.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, foi nos anos 2000 que esse formato surgiu. Em 2004, a distribuição de arquivos de áudio não era novidade. Porém, era necessário sempre acessar o site que o hospedava e fazer download para o computador para conseguir ouvi-lo. Com a profusão de aparelhos portáteis reprodutores de arquivos de áudio, como os em formato MP3, surgiu a possibilidade de fazer download automaticamente dos áudios com a tecnologia feed RSS.

Curiosidade! Essa forma de transmitir áudio foi chamada de podcasting pela primeira vez pelo jornalista inglês Bem Hammersley, no jornal The Guardian. Ele usou esse termo juntando o prefixo “pod”, oriundo de iPod, com o sufixo “casting”, originado da expressão “broadcasting”, transmissão pública e massiva de informações. Mas embora fizesse referência direta ao produto iPod, o sistema não ficou limitado a essa marca.

Benefícios do podcast para empresas

Agora que você já sabe o que é o podcast, você precisa analisar se vale a pena para a sua empresa a criação desta mídia. Não é porque todo mundo está fazendo agora que você precisa fazer também. Mas é importante estudar o assunto para não ficar para trás da concorrência.

Uma opção é criar um podcast para seu público final. Outra é a criação deste programa para funcionários da sua empresa. Confira os benefícios do podcast e veja se esse formato se encaixa na sua empresa:

1. Pode ser consumido em qualquer lugar

O podcast é um formato muito acessível, podendo ser baixado para o aplicativo ou escutado por streaming. Além disso, pode ser ouvido em diversos dispositivos, como celular, computador e tablet.

Desta forma, é possível escutar um podcast enquanto se realiza várias tarefas. Por exemplo, quando está dirigindo, no ônibus, enquanto corre ou cozinha. Assim, o tempo com o público é otimizado e o usuário sente que está aproveitando melhor o tempo.

2. Baixo custo de produção

Diferente de um vídeo, que requer equipamentos mais caros e mais pessoas envolvidas, a produção de um podcast para sua empresa requer equipes menores e menos equipamentos. Por exigir somente captação de áudio, o processo de produção é muito mais simples e mais barato.

3. Ajuda na aproximação com o público

Ajuda a sua empresa a criar uma identidade e a se conectar com seu público, ganhando mais autoridade também. Atualmente, uma luta constante das empresas é humanizar a marca. O podcast ajuda nisso e faz com que o negócio se aproxime do consumidor.

4. Oferece formatos variáveis

É possível criar podcasts em diferentes formatos. Podem ser realizados com entrevistados dividindo histórias e dicas, apresentadores que conversam e apresentam algum tema específico ou até mesmo por apenas uma pessoa que conta notícias, histórias ou conselhos. Assim, algumas possibilidades são bate-papo, debate, informativo, educativo, storytelling, entrevista, entre outros. Além disso, podem ser curtos, de até 15 minutos, ou programas maiores de cerca de 1 hora.

Podcasts na área de saúde

Várias empresas do setor de saúde e associações médicas já entraram neste mercado. A Eurofarma, por exemplo, lançou o podcast “Emagrecimento Saudável”. Cada episódio tem cerca de 15 minutos e especialistas debatem sobre obesidade, sobrepeso, riscos à saúde, tratamentos e estudos. A Fundação Oswaldo Cruz tem o “Fiocruz no Ar” e fala sobre projetos e eventos desenvolvidos pela Fiocruz, além de entrevistas sobre temas médicos, como, por exemplo, uso de antibióticos em crianças.

O Ministério da Saúde também entrou nessa e tem o “Pausa para Saúde”, que fala de doenças e tira dúvidas comuns de saúde. Já a Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) tem o Handcast SBCM. Ele tem o formato de debates e entrevistas, que auxiliam seus associados na atualização profissional.

Como criar um podcast?

Se você analisou bem e viu que seu negócio combina com podcasts, é hora de começar a planejar e entender como criar um podcast.

1. Planejar

Não menospreze o planejamento. Ele é essencial. Defina o objetivo que quer alcançar, identifique seu público, qual é a sua linguagem, temas e formatos que quer utilizar. Com tudo isso decidido, crie um cronograma para conversa com convidados, gravação dos programas, edição e divulgação.

Lembre-se de escolher uma frequência regular de divulgação dos podcasts, pois isso ajuda a engajar e a manter a audiência conectada com seu canal. E crie roteiros para a gravação de cada programa.

Dica! Sabendo o que quer atingir, defina CTAs (Call to Action) que queira incluir ao longo do programa. Pode ser, por exemplo, “acesse nosso site para ver mais detalhes”.

2. Gravar

Os participantes precisam estar em um ambiente confortável e silencioso. Ter uma sala com uma boa acústica é muito importante para fornecer um áudio com qualidade e sem tantos ruídos. Os equipamentos vão depender do seu orçamento. É necessário ter um microfone e bons fones de ouvido, além de um aplicativo ou equipamento de gravação.

3. Editar

Será preciso que alguém especializado em edição monte o podcast. Um software muito usado é o Audacity. Outra opção é o Adobe Audition. Com ele, é possível cortar algumas partes caso seja necessário e adicionar transições e músicas para deixar os programas mais interessantes. Na edição é possível também reduzir ruídos do ambiente e nivelar picos altos e baixos.

4. Hospedar e divulgar

Depois que tiver o podcast pronto, só falta divulgá-lo. Para isso, primeiro você precisa escolher uma plataforma de hospedagem. Após hospedar, você terá um feed RSS para incluir em aplicativos agregadores de podcasts, como Spotify, SoundClound, Deezer e iTunes.

O mercado de podcast vem crescendo constantemente e conquistando cada vez mais espaço. Você precisa de ajuda para planejar e produzir um podcast para sua empresa? Fale conosco e te ajudaremos!

Nós, da Latinmed, também já lançamos nosso podcast! Quer ouvir? Ele está disponível no Spotify e no Deezer.

Nicole Lallée
Jornalista, já trabalhou com jornal impresso, rádio e sites de meios de comunicação. Migrou para o marketing digital e tem grande conhecimento em SEO e Google Analytics. De família argentina, tem fluência em espanhol, o que lhe garante bons trabalhos e a fala ligeirinha.