Em matéria de saúde, a prevenção é o melhor remédio! Entenda

Em matéria de saúde, a prevenção é o melhor remédio! Entenda
23 de abril de 2018 Monisse Buchala
Estetoscópio e coração de borracha

Você sabia que as doenças crônicas, como o diabetes e o câncer, são a maior causa de mortes no mundo? E que existem 40 milhões de pessoas no mundo que perderam a visão totalmente, e mais da metade delas poderia ter evitado esse quadro?

Apesar de algumas condições também estarem relacionadas à genética e à idade, para esses e muitos outros casos o que faltou foram atitudes simples de prevenção. A realização de procedimentos e exames anuais é de extrema importância, mas quando não há a reflexão e a mudança de hábitos não resolve.

O cenário brasileiro

Por exemplo, atualmente, um dos fatores de risco que mais desencadeia doenças crônicas no Brasil é a obesidade, algo que pode ser facilmente prevenido e também revertido. Além das doenças físicas, o excesso de peso pode ser um fator que provoca quadros de depressão, afetando ainda mais a qualidade de vida do paciente.

Considerando que informar a população é o primeiro passo, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vem tomando as rédeas da situação desde 2015, traçando estratégias para estimular as operadoras de planos de saúde a desenvolverem ações focadas em prevenção. Hoje já existem mais de 1,5 mil.

Entre suas ações, a ANS também elaborou o Manual de Enfrentamento da Obesidade na Saúde Suplementar e lançou ações de prevenção da obesidade infantil, que apresentou um crescimento desenfreado nos últimos anos. A trajetória vem prosperando, mas ainda não é o bastante.

É importante que haja ainda, por parte das lideranças públicas, uma maior discussão para entender o comportamento do brasileiro e quais são as causas diretas desses índices tão altos e preocupantes. Assim, é possível tomar medidas mais certeiras, como promover ações para acesso à informação e iniciativas esportivas voltadas para a população carente.

Fica a dica!

É válido ressaltar que a prevenção acontece com mudanças simples de atitude no dia a dia: se alimentar de forma saudável e balanceada, praticar exercícios físicos (150 minutos de exercícios moderados por semana), ter boas noites de sono, controlar o tabagismo, reduzir o consumo de álcool, liberar o estresse, investir no bom convívio social, entre outros.

As decisões que você toma no presente refletem diretamente na sua saúde do futuro. O envelhecimento por si só já traz alterações e enfraquecimento do organismo. Então, se houver o cuidado durante toda a vida, os impactos serão menores. Envelheça com saúde e cuide mais de você se prevenindo!

Monisse Buchala
Publicitária, jornalista e escritora de romances, com pós-graduação em Cinema. Atua com produção de conteúdo, criação de campanhas e gerenciamento de redes sociais e outras plataformas de marketing digital. Nas horas vagas, escapa para os mundos fantásticos das séries e da literatura.