5 erros de marketing digital em saúde que muitas empresas cometem

5 erros de marketing digital em saúde que muitas empresas cometem
5 de fevereiro de 2020 Nicole Lallée
Foguete caindo

Para conseguir ter resultados com o marketing digital da sua empresa, é muito importante ser o mais assertivo possível. Porém, existem alguns erros de marketing digital em saúde que muitas empresas ainda cometem. São comuns, mas podem ser evitados. Vamos destacar os 5 principais que podem estar comprometendo o crescimento da sua empresa. Confira!

1. Falta de planejamento

Um dos principais erros de muitas empresas da área de saúde é não elaborar um planejamento estratégico do marketing digital. Publicar 5 posts no Instagram e 3 conteúdos no blog por mês sem pensar em objetivo, público e estratégia não ajuda a ter grandes resultados. Antes de começar as ações de marketing em saúde, é necessário planejar. Ou seja, estudar o mercado, definir objetivos, traçar as características, objeções e dores do seu público, pilares de conteúdo, além de um cronograma para que a estratégia seja implementada.

2. Falta de direcionamento de público

Neste planejamento que deve ser elaborado, é necessário definir as personas. Com elas bem definidas, quem irá produzir os conteúdos, desenhar layouts e fazer os impulsionamentos conseguirá realizar um trabalho muito melhor para o seu cliente ideal. Dessa forma, por exemplo, o consumidor vai se identificar com a foto escolhida e receberá o anúncio criado no Instagram. Muitos gestores acreditam que atingir qualquer um é bom. Porém, a assertividade é muito difícil e precisará de muito mais investimento para conseguir um resultado.

3. Não produzir conteúdo relevante

Hoje em dia, o conteúdo sobre saúde de qualidade pode trazer resultados reais para uma empresa, como uma operadora, hospital ou laboratório. A oferta gratuita de conhecimentos aproxima e humaniza o relacionamento com o público sem ferir a ética. Ainda mais na área da saúde, em que são divulgadas tantas fake news e informações mentirosas, a produção de conteúdo relevante é muito importante. Porém, é importante elaborar esse conteúdo de forma estratégica e não deixar que seja maçante. Ele deve ter um propósito, estar de acordo com os interesses do seu público e com informações confiáveis que agreguem valor.

4. Ignorar o mobile

Infelizmente, apesar de óbvio, muitas empresas ainda não colocam a versão mobile como prioridade. Hoje, é fundamental criar sites e conteúdos otimizados para dispositivos móveis. Segundo o Google, se as pessoas têm uma experiência negativa no celular, elas têm 62% menos chances de comprar da sua empresa no futuro.

5. Não mensurar as ações

É essencial monitorar o tráfego e os indicadores das ações que são realizadas no marketing digital. Depois de instalar as ferramentas de monitoramento, como o Google Analytics, é muito importante acompanhar os resultados dos canais e verificar quais são mais relevantes de acordo com sua meta. Qual canal te traz mais conversões? Qual gera mais cliques? E qual post alcançou mais pessoas? Sem analisar os resultados, não é possível verificar o que funciona e nem melhorar seus resultados.

Bônus! Outro erro muito comum na área de marketing de algumas empresas é a perda de logins e senhas das ferramentas de marketing digital usadas. É muito comum que a empresa perca esses acessos ao trocar de funcionários ou de agências. Porém, isso dificulta e atrasa a estratégia de marketing digital que será usada a seguir. Por isso, é importante que a empresa guarde, seja na nuvem ou sistema interno, as formas de acessos das redes sociais, do site, do Google Analytics, Gerenciador de Negócios do Facebook, entre outras ferramentas.

Se você tem uma clínica ou é um profissional da saúde, leia também nosso artigo sobre o que não fazer no marketing médico.

Quer ajuda com o marketing digital da sua empresa? Fale conosco! Somos uma agência de comunicação e marketing especializada em saúde.

Nicole Lallée
Jornalista, já trabalhou com jornal impresso, rádio e sites de meios de comunicação. Migrou para o marketing digital e tem grande conhecimento em SEO e Google Analytics. De família argentina, tem fluência em espanhol, o que lhe garante bons trabalhos e a fala ligeirinha.