Os desafios do Home Office

Os desafios do Home Office
24 de abril de 2015 Latinmed

O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos países que mais utilizam o home office, esquema de trabalho em que o trabalhador desempenha suas funções de casa, em alguns ou em todos os dias da semana.

A iniciativa é muito bem-vinda, principalmente nos grandes centros como São Paulo, em que o deslocamento rouba do trabalhador, em média, de duas a três horas por dia. Porém, para trabalhar remotamente, é preciso muita disciplina e, claro, uma função que não necessite da presença física.

Uma pesquisa feita sobre o tema revelou que 60% das pessoas que trabalham em casa apresentam contratempos com filhos e familiares, o que afeta a concentração no trabalho. Mas, por outro lado, a melhoria da qualidade de vida e o equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal são inegáveis.

A empresa que oferece o home office como benefício deve orientar o colaborador para evitar a perda da produtividade. Aqui vão algumas dicas:

  • Reserve um espaço em casa e monte um escritório com linha telefônica independente, acesso à internet e demais equipamentos. O ideal é que este espaço seja tranquilo e fique distante das interferências da casa como latidos dos animais de estimação, choro de crianças, etc.
  • Vista-se para trabalhar, mesmo que de maneira informal
  • Estabeleça horários para começar, almoçar e terminar o expediente