Como ter uma estratégia efetiva de Inbound Marketing para o setor de saúde

Como ter uma estratégia efetiva de Inbound Marketing para o setor de saúde
17 de junho de 2020 Nicole Lallée
Ilustração representativa de inbound marketing

Agora, mais do que nunca, as pessoas estão focando mais no bem-estar e se preocupando mais com a saúde. Afinal, uma pandemia faz muita gente repensar hábitos e estilo de vida. Porém, as buscas por conteúdos e informações sobre saúde já vinham aumentando, o que demonstra uma grande oportunidade para empresas ou profissionais que investirem em Inbound Marketing no setor de saúde.

Segundo o Google, uma em cada 20 buscas são relacionadas com saúde. Nas buscas da categoria de saúde, o Brasil é o terceiro maior mercado (perde apenas para Estados Unidos e Japão). Além disso, 97% das buscas da categoria se encontram no momento da jornada em que o consumidor já se depara com um sintoma ou doença. O que é um insight muito relevante para o mercado.

Mas, como empresas como hospitais, operadoras de saúde, corretoras ou clínicas podem se beneficiar com o Inbound Marketing? Continue a leitura e entenda como isso pode ajudar sua marca!

O que é Inbound Marketing?

É importante relembrarmos este conceito. Inbound Marketing, em uma definição literal, significa marketing de atração. Diferente do marketing tradicional, no inbound, a empresa se aproxima primeiro do público oferecendo conteúdo e informação que estão ligados à sua área, mas que vão agregar valor para quem consome.

Isto é, de acordo com a HubSpot, este conceito de marketing é um método de atrair, envolver e encantar o público que pode vir a ser cliente. Dessa forma, quem procura a empresa é o cliente e não o contrário. Esse marketing não é invasivo, mas relevante.

Por que fazer Inbound Marketing na área de saúde

Ao seguir uma estratégia de inbound, a empresa consegue alcançar pessoas em diferentes estágios de interesse e acaba gerando vendas. Com uma estratégia eficaz e constante, é possível conseguir:

Como fazer Inbound Marketing na saúde

Existem várias técnicas e estratégias que podem ser usadas para um inbound de uma empresa como um hospital, operadora de saúde, laboratório ou clínicas. Abaixo separei um passo a passo básico do que é importante aplicar:

1. Defina suas personas

Como já falamos aqui no blog da Latinmed, não adianta atrair pessoas aletoriamente. É essencial saber quem você quer atingir e qual é o perfil do seu cliente ideal. Ao analisar e decidir por um perfil específico que você quer como cliente, é mais fácil direcionar conteúdos e anúncios com linguagem, tom e temáticas de interesse dele.

 

2. Defina seu objetivo

Após traçar um objetivo, um lugar em que você quer chegar ou algo a se conquistar, é possível analisar e considerar ações que o levarão até o resultado esperado. Quando você tem definidos os objetivos da sua estratégia, consegue mensurar e verificar o que está funcionando e o que não está. Dependendo do seu objetivo, o formato, o canal e a periodicidade da comunicação podem mudar.

 

3. Considere a jornada do consumidor

A metodologia do Inbound Marketing segue uma sequência de etapas de relacionamento com o público. Essas etapas levam o usuário por um caminho que termina em conversão. Portanto, é importante trabalhar com base no funil e na jornada de compra. Considere que o consumidor pode passar por algumas fases e em cada etapa um tipo de conteúdo pode interessar e levá-lo adiante.

Na fase de atração é importante trabalhar conteúdos em blog e em redes sociais que agreguem valor. Depois, é importante engajar esses visitantes com, por exemplo, e-mail marketing, newsletter, e-books e, assim, mostrar como sua empresa pode solucionar o problema dele.

4. Produza conteúdo de qualidade

Não vai adiantar nada montar uma estratégia, definir personas e objetivos se o conteúdo a ser produzido não for de qualidade. Quando um usuário encontra uma informação em saúde confiável, com autoridade e relevante, a possibilidade de engajar com a marca e virar um cliente é muito maior.

Existem várias definições para conteúdo de qualidade, porém, dentro do marketing de conteúdo na área de saúde, o significado de conteúdo de qualidade é claro. É aquele que tira a dúvida da persona, é ético, consegue explicar um determinado assunto de forma completa e estar entre os melhores resultados do Google.

Canais de Inbound Marketing

Conheça alguns dos principais canais e aprenda mais sobre a produção de conteúdo estratégico em cada um deles.

Blog

É essencial ter um blog para uma estratégia de inbound. Nele, você reunirá conteúdos de qualidade e otimizados de acordo com técnicas de SEO. Ao contrário do que muitos pensam, no blog não é preciso ter só artigos. Vídeos, infográficos e podcasts são outros formatos que podem contribuir e agregar valor ao seu blog.

Além disso, o blog funciona como um local central para todo o seu conteúdo. Você pode informar seus leads por e-mail com links para o blog. Ou, por exemplo, dar dicas sobre prevenção de alguma doença nas suas redes sociais e divulgar que tem artigo completo sobre o tema em seu blog. É um ótimo ambiente para conquistar público por pesquisa orgânica e, também, para fidelizar clientes e se tornar referência.

Redes sociais

As redes sociais, como Facebook, Instagram, Youtube e LinkedIn são ótimas para cativar ainda mais a sua audiência. Por elas, você ganha visibilidade e maior alcance. Assim, atrai novos seguidores, novos leads e engajamento. Claro, isso sempre com uma estratégia bem estruturada e conteúdos relevantes, que ajudem seu público.

E-mail marketing e newsletter

Esse é um dos canais digitais mais antigos, mas sim, ainda é eficaz. Com a segmentação da sua base de contatos, você pode direcionar assuntos específicos e relevantes para cada grupo. E, nesses e-mails, você pode incluir CTAs (call to action) de acordo com objetivo que você tem.

A newsletter é um e-mail informativo que pode reunir vários conteúdos novos do seu blog, por exemplo, e serve para manter o relacionamento com o usuário e ele não esquecer de você. Além disso, mostra que você está todo mês disposto e querendo ajudá-lo.

Landing page

As landings pages podem ser usadas para divulgar conteúdos ricos e mais densos, como e-books e webinars, e, assim, captar dados de visitantes para geração de leads. Ter uma landing page para cada campanha divulgada é essencial para uma boa taxa de conversão.

Depois, é possível criar uma régua de comunicação com esses leads captados para manter o relacionamento e transformá-los em clientes.

É claro que tudo isso não tem como ser feito sem ter canais digitais próprios e uma boa identidade visual da marca. Além disso, não se esqueça que a mídia paga pode ajudar e muito na divulgação da estratégia do Inbound Marketing!

Se precisar de ajuda para o planejamento e a execução do Inbound Marketing da sua empresa, fale conosco! Somos especializados em comunicação e marketing para o setor de saúde. Estamos prontos para te ajudar!

Nicole Lallée
Jornalista, já trabalhou com jornal impresso, rádio e sites de meios de comunicação. Migrou para o marketing digital e tem grande conhecimento em SEO e Google Analytics. De família argentina, tem fluência em espanhol, o que lhe garante bons trabalhos e a fala ligeirinha.