Cases

Meu Prato Saudável

Frente ao crescimento dos índices de obesidade e das doenças causadas pelo excesso de peso, a LatinMed, empresa especializada em educação na área de saúde, vislumbrou uma oportunidade de criar um programa para facilitar o entendimento da população a respeito de uma alimentação saudável.

Em 2012, a fundadora da LatinMed, Dra. Elisabete de Almeida, médica e escritora com especialização pela Universidade de Harvard, EUA, em projetos de educação médica continuada, tanto para médicos como para a população em geral, decidiu então criar o Meu Prato Saudável.

Dra. Elisabete contou com a parceria do Serviço de Nutrição e Dietética do Instituto do Coração (InCor- HCFMUSP) para criar uma metodologia que simplificasse a pirâmide alimentar, até então o único instrumento gráfico existente para ensinar as pessoas a como se alimentarem de forma saudável.

Foi assim que surgiu a metodologia do Meu Prato Saudável, que de maneira simples e muito visual serve hoje como referência de uma alimentação saudável e equilibrada para os brasileiros.

Lançado em outubro de 2012, o Meu Prato Saudável já atingiu mais de 3 milhões de pessoas por meio de diversas ações. Mais de 5671 pessoas foram avaliadas nas ações presenciais, possibilitando gerar dados para estudos e relatórios.

Na época de seu lançamento, o programa contou com o apoio da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, entre outras autoridades.

Hoje, o Meu Prato Saudável mostra-se uma metodologia totalmente eficiente para educar a população sobre as quantidades e a qualidade de alimentos que devem compor uma alimentação saudável.

Dados & Fatos

  • Projeto criado pela LatinMed em parceria com o Instituto do Coração (Incor- FMUSP) em 2012
  • Lançamento: 2012
  • Mais de 3 milhões de pessoas atingidas pelas ações
  • Mais de 5671 pessoas avaliadas pelo programa
  • 30 mil acessos por mês no site
  • Revista do Meu Prato Saudável: alcance de 30 mil pessoas
  • + de 100 mil fãs no Facebook

Saiba mais em www.meupratosaudavel.com.br

Meu Pratinho Saudável

Frente ao crescimento dos índices de obesidade infantil e das doenças causadas pelo excesso de peso em idade precoce, a LatinMed, empresa especializada em educação na área de saúde, vislumbrou uma oportunidade de criar um programa para facilitar o entendimento dos pais e das crianças a respeito de uma alimentação saudável.

Em 2012, a fundadora da LatinMed, Dra. Elisabete de Almeida, médica e escritora com especialização pela Universidade de Harvard, EUA, em projetos de educação médica continuada, tanto para médicos como para a população em geral, decidiu então criar o Meu Pratinho Saudável.

Dra. Elisabete contou com a parceria do Serviço de Nutrição e Dietética do Instituto da Criança (ICR- HCFMUSP) para criar uma metodologia que simplificasse a pirâmide alimentar, até então o único instrumento gráfico existente para ensinar sobre uma alimentação saudável.

Foi assim que surgiu a metodologia do Meu Pratinho Saudável, que de maneira simples e muito visual serve hoje como referência de uma alimentação saudável e equilibrada para crianças de 6 meses a 10 anos de idade.

Lançado em outubro de 2012, o Meu Pratinho Saudável já atingiu mais de 3 milhões de pessoas por meio de diversas ações.

Na época de seu lançamento, o programa contou com o apoio da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, entre outras autoridades. Além disso, a primeira-dama, Dona Lu Alckmin foi a madrinha do programa.

Hoje, o Meu Pratinho Saudável mostra-se uma metodologia totalmente eficiente para educar os pais e as crianças sobre as quantidades e a qualidade de alimentos que devem compor uma alimentação saudável.

Meu Pratinho Saudável nas Escolas

A metodologia do Pratinho Saudável é um recurso muito rico para a educação escolar.
Por isso, em 2012, foi realizado um projeto piloto na Escola Estadual Província de Nagasaki. Na ocasião, mais de 1000 alunos foram avaliados e participaram das oficinas e atividades especialmente elaboradas pela equipe do programa.

Foi então que nasceu o projeto “Meu Pratinho Saudável nas Escolas”, que deve atender mais de 2500 escolas estaduais nos próximos 3 anos.

Saiba mais em http://meupratinhosaudavel.com.br/ e http://www.facebook.com/meupratinhosaudavel

Ame o Coração

As doenças cardiovasculares são as principais causas de mortes no Brasil e no mundo. O Movimento Ame o Coração, patrocinado por Becel, tem como principal objetivo alertar a população sobre a importância de adotar pequenas mudanças no dia a dia, para prevenir as doenças cardiovasculares.

A LatinMed cria, desenvolve, planeja e executa diversas atividades para o Movimento Ame o Coração, como:

  • Avaliação nutricional e distribuição de cartilhas
  • Evento no Dia Mundial do Coração
  • Ações de intervenção para chamar a atenção da população sobre a saúde do coração
  • Vídeo promocional
  • Newsletter mensal
  • Produção de conteúdo para Blog Ame o Coração
  • Cursos para o público leigo – InCor e HCor
  • Participação na Feira da Saúde da Associação Comercial de São Paulo
  • Participação na Caminhada Agita

Como resultado, só em 2013, foram impactadas mais de 1 milhão de pessoas diretamente e mais de 6 milhões indiretamente.

Viva Bem

O Viva Bem é um produto único no mercado, que oferece de forma continuada, informações de qualidade e com credibilidade, sobre todos os pilares da qualidade de vida, há mais de 23 anos.

O Viva Bem é parte essencial de qualquer programa de Qualidade de Vida, uma vez que a comunicação é uma área estratégica em qualquer empresa. A comunicação estratégica precisa levar em conta a qualidade da mensagem, como ela será transmitida e adequá-la aos diferentes públicos. Deve ter credibilidade e ser baseada em evidências científicas. Por isso, não é qualquer profissional que está habilitado a escrever sobre saúde, qualidade de vida, bem-estar e segurança do trabalho.

Aqui está o diferencial competitivo da LatinMed, uma vez que a equipe de redação é composta por médicos, nutricionistas, psicólogos e jornalistas com mais de 20 anos de experiência na área de saúde, que produzem o conteúdo com uma linguagem adequada para todos os tipos de público, incluindo os trabalhadores das linhas de produção, administrativo, gestores e alta gerência.

O VivaBem visa, principalmente, conscientizar os colaboradores sobre a importância de cuidar da própria saúde. A abordagem favorece a construção de diálogos, de acordo com as diversas realidades das empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte. O VivaBem fortalece a autonomia dos colaboradores, que tornam-se atores da própria vida e promotores da própria saúde.