Blog

Vá para a cama!

Rodrigo Garcia 17/04/2015 Blog
shutterstock_24644407

Vá para a cama!

Além de deixar você no mundo da lua, noites mal dormidas podem ser um sinal de alerta para problemas neurológicos futuros como a doença de Alzheimer, Parkinson e depressão. Segundo especialistas, os distúrbios do sono estão envolvidos na maioria das doenças que causam a degeneração dos neurônios.

Uma pesquisa mostrou que a falta de sono causa uma concentração de proteínas no cérebro, que com o tempo podem levar ao desenvolvimento da doença de Alzheimer. Quando a insônia vira rotina causa um processo inflamatório crônico que afeta a massa cinzenta. Estima-se que 30% dos adultos têm insônia. Se você faz parte dessa turma e quer proteger o seu cérebro, tome nota:

- Mexa-se: pratique 30 minutos de atividade física todos os dias ou 60 minutos de 3 a 4 vezes por semana. Ajuda a melhorar o sono e a capacidade de aprendizado, entre outros benefícios.

- Alimente seu cérebro: coma mais peixes como a sardinha, capriche na salada de folhas verdes e aproveite os benefícios do ovo e da linhaça. Todos esses alimentos contêm substâncias que ajudam a proteger o sistema nervoso e melhoram a memória.

- Xô fumaça: o cigarro é um dos principais inimigos do sono, além de prejudicar a memória e aumentar o risco de um derrame cerebral. Ah, claro: é um poderoso estimulante, que manda o sono para bem longe.

- Afaste-se do copo: apesar da crendice popular, o álcool não ajuda a dormir. Ele até causa sonolência nas primeiras horas, porém é um poderoso fragmentador do sono. Portanto, que tal trocar a dose de vinho por um chá de erva-cidreira antes de dormir?