Blog

Etiqueta na era da mídia social

Rodrigo Garcia 27/03/2015 Era Digital
internet etiqueta

Etiqueta na era da mídia social

 

Até que ponto a exposição da vida na internet é segura? Quando um comentário pode afetar a vida profissional de uma pessoa? Devemos realmente registrar tudo na internet, correndo o risco de sofrer fraudes, ameaças ou até mesmo perder o emprego?

As mídias sociais são verdadeiras formas de networking, ou seja, muitas vezes os relacionamentos feitos na vida real e mantidos no mundo virtual servem também para alavancar a vida profissional. Por isso, na era das redes sociais é preciso seguir algumas regras para evitar futuros constrangimentos.

Muitas empresas já possuem códigos de conduta nas mídias sociais, principalmente quando a companhia possui um perfil em alguma rede social. Com isso, o cuidado ao postar algo deve ser redobrado, uma vez que ao falar da empresa, o funcionário pode ser responsabilizado por qualquer eventual dano à imagem da organização. A dica é usar o bom senso e não postar aquilo que não seria dito pessoalmente.

Educação virtual

Se as redes sociais são uma extensão da vida real, a educação é essencial e deve seguir praticamente os mesmos preceitos na vida virtual. Bom senso, critério e polidez não fazem mal a ninguém. A dica principal é: aja na rede como agiria no dia a dia. Se for funcionário de alguma empresa, procure conhecer e entender a política de conduta nas mídias sociais. Pense duas vezes ao fazer qualquer comentário sobre a empresa, seu chefe, seus colegas, ou qualquer assunto de cunho interno. Lembre-se: a palavra escrita não pode ser eliminada, principalmente da internet.

Confira algumas dicas para usar com segurança as mídias sociais:

  • Escolha com critério as fotos que você vai colocar. Fotos de biquíni, maiô, bebendo ou fazendo coisas “estúpidas” não são indicadas. Se quiser colocar, filtre as pessoas que podem ter acesso;
  • Ao postar algum comentário, fique atento ao português! Escrever errado e deixar registrado são um dos piores pecados da internet!
  • Cuidado com o teor dos comentários, racismo, preconceito, posts sobre futebol, ofensivos, falar mal da família, dos amigos, do trabalho. Este não é o objetivo de uma rede social como o Facebook, a não ser que você seja um sociólogo, político e mesmo assim vale a regra do bom senso;
  • Ninguém precisa saber o que você está fazendo a cada minuto. Pode até parecer engraçado, mas se feito constantemente começa a irritar e se tornar ridículo;
  • Antes de marcar alguém em alguma foto, peça permissão. Afinal, nunca sabemos se a pessoa vai querer se expor naquela situação.
  • Se você tem um assunto importante para tratar com alguém, use a mensagem e não o post;
  • Cuidado com as correntes, principalmente aquelas que trazem fotos de animais torturados, crianças doentes e outras imagens chocantes.
  • Jogos e aplicativos são legais, mas pare de ficar mandando convite para esse tipo de coisa dentro da rede social. Cada um tem suas preferências e, provavelmente, já deve conhecer algum joguinho que o agrade.
  • O Facebook possui ferramentas de privacidade, portanto use para restringir o acesso a sua página, aos seus comentários e às fotos.

 Lembre-se: educação não faz mal a ninguém, dentro ou fora da internet, enriquece os relacionamentos, ajuda a manter a reputação das pessoas, das empresas e norteia a conduta na sociedade.